Novidade à vista nos treinamentos do Sest Senat

Para aprimorar o treinamento de motoristas profissionais de cargas e de passageiros, aumentar a segurança e reduzir os custos dos transportadores, o Sest Senat passará a utilizar simuladores em seus treinamentos. O Projeto Simulador de Direção Sest Senat – Eficiência e Segurança no Trânsito disponibilizará 60 equipamentos híbridos para capacitar motoristas de caminhão, carreta e ônibus. E uma das unidades escolhidas para recebê-lo é a de Cariacica.

No total, serão investidos R$ 41,56 milhões no projeto, que contempla também o desenvolvimento de cursos, horas técnicas de manutenção, capacitação de instrutores e proposta pedagógica. Cada simulador custa, em média, R$ 692,7 mil.  A meta é formar 50 mil profissionais em três anos. Os alunos precisam ter Carteira de Habilitação nas categorias C, D ou E.

A direção segura e eficiente é fundamental para a redução de acidentes e mortes no trânsito e para a economia de combustível, menor custo de manutenção dos veículos e menos impacto ao meio ambiente. “Além de contribuir para a segurança, o treinamento com os simuladores será importante para a redução de custos dos transportadores. O projeto atende à missão do Sest Senat de promover o desenvolvimento profissional dos trabalhadores do setor de transporte e a responsabilidade socioambiental”, diz o presidente do Conselho Nacional do SEST SENAT e da CNT (Confederação Nacional do Transporte), Clésio Andrade.

 

Os motoristas poderão vivenciar situações de risco, por meio da capacitação com tecnologia avançada. A primeira unidade a receber o equipamento foi a de Samambaia (DF). Até junho de 2017, todos os 60 simuladores deverão estar disponibilizados. Nas unidades, estão sendo construídas salas específicas para o treinamento. A infraestrutura utiliza recursos de alto padrão tecnológico e didático, com sistema de som e imagens.  Cinco cursos estão sendo lançados, adaptados ao equipamento. Os conteúdos abordam temas como condução segura e econômica, situações de risco, uso de tecnologias embarcadas, aperfeiçoamento de motoristas para o transporte de passageiros e cargas especiais e manobras.